Mudança para o Rio (nostalgia)

Ontem foi natal, hoje tô voltando pra casa e tô aqui lembrando do dia que saí da casa da minha mãe pra ir realizar meus sonhos. 19 de março de 2012. Como o tempo passa rápido.  Eu era uma jovem de 22 anos indo em busca do que sempre sonhou, deixando família,  amigos, namorado, emprego. . Tudo pra trás.  Eu sabia que ia perder muitas datas comemorativas,  que ia passar muitas sozinha, que ia ficar doente sem ter quem cuidasse de mim, que ia ter que contar apenas comigo nessa cidade grande e enfrentar todos os medos, monstros e rasteiras sozinha.




Se eu me arrependo?  De forma alguma.


Eu conquistei minha casa, meu espaço e dia a dia tô fazendo meu nome. Eu passei por coisas horríveis que me fizeram ser a pessoa forte que sou.



A menininha de 22 anos ficou lá atrás.  Hoje existe uma mulher de 25 anos, guerreira, focada e feliz bagaraaai. Uma mulher que não aceita pra si menos que o melhor.  Uma mulher que sofreu e aprendeu na marra.






Uma profissional realizada e que quer cada vez mais.





E que 2015 venha bem preparado porque eu tô chegando com tudo.

 




Aproveita pra me conhecer um pouco mais.


Me apresentando:



Morando sozinha. E agora?


Instagram