Seja seu porto seguro

Hoje trago mais uma reflexão que a maternidade me trouxe


É incrível a confiança em mim que a Chloe demostra a cada momento.
Quando acorda chorando por achar que está sozinha, eu dou meu dedo pra ela segurar e ela se acalma.
O estar perto, o contato físico ou visual a deixa segura.



Mas ela também me traz confiança.
No início doloroso da amamentação, toda vez que eu sentia dor ela apertava meu dedo como se dissesse: mãe, fique firme, eu estou aqui com você.

E eu quero te chamar para uma reflexão.
Se coloque como eu e como a Chloe, você se sente segura e confiante com sua própria presença?
Você segura na sua mão quando está com medo, dor, passando por alguma dificuldade e diz para si próprio para se manter firme que você está ali?

Busque ser para si a maior fonte de segurança, confiança, o porto seguro.

Nós devemos ser nossos maiores incentivadores, nosso maior suporte.
Mas isso não é realidade para maioria das pessoas.


Como ser seu próprio porto seguro?

Comece trabalhando o AMOR PRÓPRIO.

Exercício:

Todos os dias repita na frente do espelho, se olhando nos olhos por pelo menos 5 minutos frases como:

  • Eu me amo
  • Eu sou incrível
  • Eu confio em mim
  • Eu sou amada (o)
Se elogie fisicamente também.
Se abrace, passe as mãos pelo seu corpo, se AME.


Esse é o passo número 1 e vai destravar muitos aspectos em você e na sua vida.


Aho!





Leia também:





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram